Acessibilidade em cena

Toda a tecnologia que permite os avanços da mobilidade também possibilita a melhora da vida das pessoas em muitas medidas, como por exemplo, a mobilidade de pessoas com deficiência de locomoção. Cada vez mais, a evolução tecnológica passa a respaldar a medicina trazendo novos métodos, tratamentos, equipamentos e medicamentos para dar a possibilidade das pessoas com restrição a chance de terem uma vida normal.

O ano de 2014 foi muito esperado devido ao fato de ser o ano da Copa do Mundo no Brasil. Os holofotes dos brasileiros e do mundo todo estão voltados para esse evento de grande relevância. E uma novidade referente a este fato chamou atenção em grande medida: quem vai dar o pontapé inicial para o início dos jogos não será um badalado jogador, mas sim um jovem impossibilitado de andar.

Munido com um exoesqueleto controlado pelo seu cérebro, ele conseguirá não somente andar, mas chutar a bola que dará início à Copa do Mundo de 2014. Essa é uma iniciativa possível graças a um projeto colaborativo internacional chamado Walk Again, liderado pelo brasileiro Miguel Nicolelis. Eletrodos especiais captam as ondas celebrais que possibilitam ao exoesqueleto movimentar as pernas. E não é só isso, esse exoesqueleto também conta com sensores que oferecem sensações à pessoa que está usando, como se o exoesqueleto fizesse parte dele, proporcionando estímulos como temperatura, toque e força.

É uma iniciativa incrível colocar este assunto em destaque para que as pessoas se conscientizem da verdadeira importância da inclusão de todos os cidadãos. Como é imprescindível que o tema da acessibilidade seja de interesse de todos.

 

Exoesqueleto

Advertisements

One response to “Acessibilidade em cena

  1. Sou admiradora dos avanços tecnológicos em todas as áreas. A sustentabilidade deve ser prioridade.
    O exoesqueleto controlado pelo cérebro, conseguirá fazer um ser humano andar, e chutar a bola que dará início à Copa do Mundo de 2014. Espero que, o Projeto Walk Again, impacte os administradores da saúde brasileira. Que cada deficiente possa ter a sua autonomia.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s