Internet no Brasil

Em um mundo cada vez mais globalizado, estamos nos tornando cidadãos globais. O melhor de tudo é que não precisamos viajar o mundo inteiro para estarmos em contato com todos seus cantos todos os dias. Mas para isso, é preciso ter acesso à internet. Ou seja, para fazer parte de fato dessa nova ordem global em que antes de tudo se é um cidadão global, pertencendo de fato a o que chama de sociedade, a internet se faz necessária.

Por conta disso, a internet tem se tornado um item básico. Claro, algumas pessoas, por estilo de vida, optam por absterem-se do uso de internet. Mesmo sim, é importante que todos possam ter a opção de usá-la ou não. Para isso, é preciso ter acesso a ela.

Segundo o Ibope, já somos mais de 105 milhões de brasileiros conectados à rede mundial, o que representa mais da metade dos 201 milhões de habitantes do nosso país. O número ainda não é satisfatório, mas é possível ver um grande salto nos últimos anos, quando milhões de brasileiros puderam fazer uso pessoal da internet pela primeira vez ou mais frequentemente.

38% de todos esses usuários que estão na internet acessam-na diariamente, e, ainda, 87% do total acessa ao menos semanalmente. Espera-se que o número de acessos semanais e diários continue aumentando intensamente com a expansão do acesso a novas regiões e classes. Veja, dos 10% mais pobres, somente 0,6% tem acesso à rede, enquanto esse número passa dos 50% nos 10% mais ricos. Enquanto que o acesso nas regiões Norte e Nordeste é menos da metade das Sul e Sudeste.

Por outro lado, estamos caindo em um número que somos campeões: horas gastas na internet. O número que já passou de 60 horas hoje está abaixo de 57 horas. E isso é um bom sinal. Ter acesso a outras formas de se informar e de entretenimento, e o gosto de usá-las, faz com que a quantidade de horas gastas na internet caia.

Da mesma forma que é importante que todos os brasileiros possam usar a internet, é interessante que seja incentivado que todos possam ler livros, jornais e revistas, assistir televisão, ir ao cinema e ao teatro, apreciar formas de entretenimento diurno ou noturno em espaços públicos ou privados. Enfim, que o acesso seja geral e, no final, quem faz a escolha é o próprio cidadão. Nossa dica: aproveite o que for o melhor para você com um pouquinho de tudo ;)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s