Bahia lidera em número de cidades que aderiram a projeto de energia solar | Via Portal EcoDesenvolvimento

O Brasil começa a aproveitar dos seus muitos dias de sol e estimula a adesão de cidades no Projeto 50 telhados, a fim de levar geração de energia solar a residências de todo o país. Inspirado em um projeto europeu, aos poucos a iniciativa já está se tornando um caso de sucesso por aqui.

Veja o que nosso blog parceiro tem a contar e conheça mais:

 

Microgerador de 11,52 kW do Projeto Tamar será contabilizado para a meta de Mata de São João (BA) Foto: Tamar/Divulgação

 

Além de ter levado uma goleada recente da Alemanha por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo, o Brasil também tem perdido feio para os germânicos quando o assunto é energia solar. Uma das iniciativas que ajudaram os europeus a se tornarem referência no tema foi o projeto “1000 telhados”, na qual a população foi estimulada a instalar os painéis fotovoltaicos nas residências.

Para tentar igualar esse jogo, o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal), situado em Florianópolis, assumiu em 2013 o Projeto 50 Telhados, cuja intenção é incentivar a participação de pelo menos 20 cidades até 2015.

A boa notícia para o Brasil é que o projeto alcançou recentemente a adesão de dez novas cidades, alcançando 29 municípios – sete a mais do que a meta estabelecida para 2014. São eles: Chapada dos Guimarães (MT); Salvador (BA); Lauro de Freitas (BA); Camaçari (BA); Feira de Santana (BA); Mata de São João (BA); Lençóis (BA), Cairu (BA), Novo Hamburgo (RS) e Porto Alegre (RS).

Pelo projeto, cada cidade precisa ter pelo menos 50 telhados fotovoltaicos em 24 meses (ou 100 kWp de potência total), instalados por empresas participantes. A execução das instalações nesses municípios ficará a cargo das empresas SonnenBauhaus, na Chapada dos Guimarães, Axitec, nos municípios baianos, e Energia Própria, nas cidades gaúchas.

 

Bahia solar

“Em seis meses, o Instituto Ideal superou a meta de cidades que tinha para o ano”, comemora Paula Scheidt, gerente de projetos do Instituto Ideal.

Com as novas integrantes, o estado da Bahia conquista o maior número de participantes do 50 telhados, com sete cidades, sendo seguido pelo Rio Grande do Sul, com cinco municípios.

 

Como participar

Qualquer empresa de engenharia e instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica pode participar como empresa executora. Basta atender a alguns critérios e conseguir a aprovação do Ideal. Instituições públicas e prefeituras também podem contribuir, reforçando o apoio ao projeto em canais de comunicação com os cidadãos, por exemplo.

Essas cidades se tornariam referência nacional na utilização de energia oriunda do sol, matéria-prima livre e inesgotável. Com tal ação, entre os anos 2014 e 2015 o Brasil teria instalado o equivalente ao projeto alemão “1000 telhados”.

Mais informações no site http://www.americadosol.org/50telhados/

 

Fonte: Portal EcoDesenvolvimento

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s