A esperança do transporte público

Sabemos que o carro, não é a melhor opção para o bolso. Estima-se que em grandes cidades, um motorista gasta em média 18% de sua renda, com custos voltados ao carro.

Segundo o Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA), no Brasil, automóveis e motocicletas liberaram cerca de 67 milhões de toneladas de gás carbônico em 2013, o triplo que foi liberado por ônibus no mesmo ano.

Segundo o pesquisador do IEMA, David Tsai, o transporte público deve ser retirado do congestionamento! Diversas medidas ainda devem ser tomaras para que o ônibus se torne uma opção atraente, a ponto de convencer os usuários a deixarem o carro em casa.

É difícil fazer com que as pessoas aceitem facilmente algumas “mudanças”. Existe a proposta de fechar vias inteiras do centro da cidade de São Paulo no domingo.  Isso é uma estratégia ou um sinal de que realmente estamos vivendo em meio ao caos? Incentivar o transporte coletivo também está na lista de recomendações do Painel Intergovenamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Além disso, os governantes também precisam se preocupar com a eficiência energética dos veículos, como por exemplo: o teor de carbono do combustível.

DSCF3644

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s