Oficina de espanhol ajuda idosos a superar barreira do idioma em viagens

article (1)

A integração cada vez maior entre os países da América Latina, graças a acordos comerciais e diplomáticos, tem causado grande procura por cursos de espanhol. Isso não é diferente na oficina do idioma realizado pelo Centro de Referência do Idoso (CRI), serviço ligado à Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, da Prefeitura de São Bernardo.

Graças às aulas, o idioma deixou de ser um obstáculo para dezenas de vovôs e vovós que há até bem pouco tempo consideravam apenas um sonho conhecer países de língua espanhola na América do Sul, como Argentina, Chile e Uruguai, ou mesmo aqueles mais distantes, como Espanha e México.

O curso é oferecido às segundas (estágio 1) e quintas (estágio 2). São duas turmas por dia e cada uma reúne em média 40 pessoas.

A aposentada Zilda Oliveira Rosella, 67 anos, é uma das alunas mais assíduas. Ela conta que gostou tanto do curso que este ano resolveu fazê-lo por completo novamente para aprimorar e ganhar fluência.

“É o terceiro ano que estou fazendo (começou em 2014). Tem pessoa que acha que porque já tem certa idade não consegue aprender nada. Não é verdade. Não há limite para o aprendizado, basta querer. Aqui cada um vai no seu ritmo. O curso é muito bom. A aula é dinâmica, tem muita gramática e conversação”, elogia.

A aposentada mora no Bairro Assunção e garante que depois que iniciou o curso perdeu o medo de se comunicar em outro idioma e até já arrisca viajar sozinha à Espanha para visitar a filha. “Meu genro trabalha em uma empresa de aviação comercial e tiveram que se mudar para lá há cinco anos. Nesse período já fui duas vezes e quero ir de novo. Lá eles falam muito rápido, mas agora já consigo me virar sozinha com o que aprendi”, assegura.

As aulas são comandadas há três anos pela oficineira Valentina Diez. Segundo ela, o benefício da oficina não está apenas no enriquecimento cultural e desprendimento dos idosos em relação ao conhecimento de outra língua. “Creio que o principal seja a integração social entre eles, em sala de aula e até na formação de grupos nas mídias sociais. E o aprendizado é uma ferramenta muito importante nessa integração”, avalia.

Além do Espanhol, o CRI oferece diversas outras oficinas, como de inglês, artesanato, pintura, dança cigana, dança do ventre, yoga, informática, violão e piano.

Podem participar moradores da cidade com idade igual ou acima de 60 anos. As inscrições são abertas todo início de ano. Caso haja desistências, novas inscrições poderão ser feitas no segundo semestre. Mais informações pelo telefone 4126-3675.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s